quarta-feira, 12 de março de 2008

Nunca percam a esperança

Nestes ultimos tempos as minhas queridas companheiras algarvias não tem tido o sol do lado delas - Primeiro a litleprincess, depois a Birdie, depois a Fandrade e agora a Catarina.

Nem tenho palavras para dizer-vos o quanto lamento estas falhas nas vossas vidas.

Sei que todas vós estarão a passar por aquele momento dificil, triste e desanimador pelo qual tantas vezes eu passei. Quantas vezes não senti vontade de desistir, até de fugir para algum lugar distante, isolar-me na minha dôr, na minha incapacidade, na minha frustação.
Quantas vezes olhei á volta de mim e só via gente que não entendia o porquê dos meus silêncios, ou das minhas lágrimas.
Quantas vezes eu perdi a esperança dizendo a mim mesma que não, esse não seria o meu destino e eu provavelmente nunca me ia ver de barrigão.......
E fui sempre reerguendo-me destas quedas, juntando os cacos da minha vida e realinhando os caminhos a seguir.
Concerteza todas vós estarão neste momento em alguma parte desta descrição, e eu agora de barriga enorme com um bebe aos pontapes dentro de mim - creiam sinto-me pequenina diante da vossa tristeza.
Não sei bem o que vos dizer, porque sei que cada pessoa fará o seu percurso, conseguindo ou não realizar o sonho de sentir o pontapear da vida dentro de si.
So vos peço não desistam á primeira derrota ...
por vezes aquilo que nos parece impossivel - está a pouca distância de nós de acontecer.
E agora sabem que tem um ombro amigo onde partilhar as vossas angustias, um ombro amigo que estará sempre lá pra vos apoiar nas vossas decisões....
Vamos lá amigas... juntar os cacos, e seguir em frente.
Porque aquilo que eu quero e todas queremos é ser Felizes e disso não desistam nunca.
Hoje senti que vos devia estas palavras.
Um abraço
Dina

Um comentário:

Catarina V. disse...

Querida Dina

Não quiz chorar...porque não queria ficar triste e sentir-me fraca, mas não consegui parar de chorar ao ler as tuas palavras.
É verdade sim...custa sempre muito, independentemente do tipo de ttt, mas um ttt é sempre uma esperança que nasce, confiança que se sente e depois quando tudo termina com uma mancha vermelha,é mau...é muito mau.
Eu sei que estavas a torcer muito por mim. Tu mais do que ninguém. E só tu me confortaste o coração.
Um meu muito obrigado, obrigado pelas palavras e por existires.

Vá...agora chega de "lamechices":-)
Um beijão e um abraço apertadinho,
Desta tua e sempre amiga,
Catarina Viegas

P.S-Agora sim...sinto-me mais forte.